John Lúcio Fala da Crise Hídrica em São Bento e desmente Nota emitida do PSB local

John disse que o prefeito Dr. Jarques Lúcio já tomou as devidas providências, buscando uma solução junto ao secretário de Estado, João Azevedo.

Na noite desta segunda-feira (25), o Secretário de Administração e Finanças do município de São Bento, no sertão do Estado, John Lúcio, concedeu entrevista ao programa radiofônico “São Bento em Foco”, onde falou dos problemas que a Terra das Redes vem enfrentando com relação a falta d’água.

Na conversa, o secretário frisou que a administração municipal está cumprindo o seu papel, dentro do que cabe a competência do órgão. “Estamos procurando as soluções cabíveis com relação ao que compete ao município. Tudo está sendo feito dentro do possível para tentar solucionar a crise hídrica em São Bento”, destacou John Lúcio.

Durante a entrevista, John Lúcio rebateu as críticas feitas em Rede Social, pelo presidente do PSB local, Elisérvulo Herdes, onde o mesmo emitiu uma nota na noite desta segunda-feira, tecendo críticas tendenciosas à gestão do prefeito Dr. Jarques Lúcio, relatando que as escolas do município estão suspendendo as aulas por falta d’água.

John negou as informações contidas na referida nota. “O Presidente está querendo mídia. Eu tenho certeza que se o prefeito estivesse em São Bento e tirasse uma foto perto de uma perfuratriz, o professor e presidente Elisérvulo iria dizer que era pra fazer mídia, assim como, ele tá querendo fazer em uma situação como esta. A prefeitura está fazendo sua parte, as escolas estão funcionando com água e merenda todos os dias. Nas Unidades Básicas de Saúde, estamos colocando água para não suspender os atendimentos. Não use esse momento para fazer politicagem não, presidente!”, disse o secretário.

No final da noite, Elisérvulo usou as redes sociais para desmentir a autoria da nota, informando que se renunciou “informalmente” ao cargo de presidente do PSB.

ESCOLAS FUNCIONANDO NORMALMENTE

Procurado pela nossa redação, o Secretário Municipal de Educação, Raimundo Maia, informou que as escolas estão funcionando normalmente, mesmo com o problema e as dificuldades da crise hídrica.

“As nossas escolas estão funcionando normalmente. Estamos levando água até elas compradas em garrafões, atendendo às necessidades, tanto das escolas do campo, quanto às da zona urbana. Vale salientar que, nesta semana, destinamos carros para manter o abastecimento das escolas. Sabemos que a crise hídrica é real. No entanto, estamos trabalhando incansavelmente para manter o bom funcionamento das nossas escolas”, disse o secretário.

INEFICIÊNCIA DA ANA

A Agência Nacional de Águas (ANA), realizou na última semana, uma fiscalização no Rio Piranhas que corta a cidade, mas não surtiu efeito algum. O que se vê, são diversas bombas nos leitos do rio e nenhuma medida eficaz sendo tomada pelo órgão Federal. Desde o último dia 15 sem água nas torneiras, e em alguns bairros, bem mais tempo, a população vem sofrendo com a escassez do líquido precioso e com a omissão do órgão responsável.

John ressaltou ainda, que o prefeito Dr. Jarques Lúcio já tomou as devidas providências, buscando uma solução junto ao secretário de Estado, João Azevedo.

 

São Bento em Foco