Horizonte vence Brejo do Cruz na final da Liga Nordeste de Futsal

Jogo aconteceu no Ginásio "O Andrezão" em São Bento - PB.

A equipe do Horizonte Futsal foi à campeã da Liga Nordeste nesse domingo, 03 de dezembro. O jogo decisivo foi no ginásio Andrezão, em São Bento, que recebeu um público de cerca de duas mil pessoas, a gigantesca maioria para torcer pelos paraibanos do Brejo do Cruz Esporte Clube. O resultado foi 1 a 0, com gol de Rafinha, que já tinha marcado no jogo de ida no Ceará, também vencido pelo HF.

O JOGO

O público se fez presente, em grande número e a torcida do BCEC apoiou do início ao fim. A partida começou com os times se estudando, mais Brejo tomava a iniciativa, pois tinha a desvantagem do jogo inicial que foi 2 a 0, o ímpeto paraibano, porém, teve um adversário intransponível no dia, o goleiro Matheus, de 42 anos, veterano mais que fechou literalmente o gol, na primeira fez no mínimo três defesas improváveis. O arqueiro por sinal é paraibano de João Pessoa.

O Horizonte veio com uma postura clara à quadra, só atacava quando dava e o intuito principal era marcar e destruir jogadas, o treinador também teve a vantagem de ter em suas mãos um elenco de doze jogadores de linha e o revezamento era constante, Brejo tinha nove.

Começou o segundo tempo, o cearenses aproveitaram uma falha na marcação da direita defensiva de Brejo e Rafinha recebeu livre na área, pra marcar sem chances para Cléverton.
Daí então o jogo seguiu a tona, Brejo tentando entrar na defesa bem postada do Horizonte, mas na maioria das vezes sem sucesso, e quando passava por Matheus os cearenses tinham sorte do lado. Na primeira etapa Giovani mandou duas vezes na trave, e na segunda após cruzamento Marvim perdeu livre sem goleiro, num lance que “tirou o gol”.

Brejo foi valente, arriscou goleiro linha nos dois minutos, mas o entrosamento do Horizonte é um destaque.

Após o fim do jogo estava sacramento o tetracampeonato da competição ao tradicional Horizonte, time que em 2017 ganhou oito títulos, entre elas a Copa e a Taça Brasil. Já Brejo num ano mágico que foi tricampeão estadual chegou até onde nenhum paraibano foi em quatorze edições, o vice-campeonato do Nordeste.

O jogo teve a presença do presidente da CBFS (Confederação Brasileira de Futsal) Clóvis Gomes.

Ao Brejo fica o modelo de que dá certo investir no esporte, temos público pra isso, o time foi abraçado regionalmente e dá pra ver que a profissionalização pode ser um próximo passo, a equipe em 90% era formada por atletas das cidades da região, apenas um de Campina Grande completava o elenco.

“Nós estamos num nível de jogar com qualquer time do Brasil, valeu demais essa competição”; ressaltou o capitão Gil Gemma.

Clinton Medeiros