Após Maranhão alfinetar Cartaxo, João corrobora: “Quem vai com muita sede ao pote se afoga mesmo”

Pré-candidato socialista ao governo, ele disse que é complicado interpretar o teor da alfinetada, mas concorda com a afirmação.

Em entrevista a uma rádio de Campina Grande na semana passada, o senador e pré-candidato José Maranhão (MDB) disse que “quem vai com muita sede ao pote pode até morrer afogado”. Muitos entenderam como um recado para o prefeito de João Pessoa, e também pré-candidato, Luciano Cartaxo (PSD), que apressa a decisão do nome da oposição que vai disputar o Governo do Estado nas eleições. O pré-candidato socialista, o secretário de Infraestrutura João Azevêdo (PSB), comentou sobre as declarações de Maranhão, e concordou com a declaração.

João disse que é complicado interpretar o teor e o alvo da alfinetada, mas que concorda com a afirmação. “Não sei, aí é difícil eu julgar e interpretar frases de outras pessoas. Confesso que não sei o que ele quis dizer com uma frase dessa. Entretanto, acho que ele tem razão, quem vai com muita sede ao pote termina se afogando mesmo”, afirmou o socialista.

Prazos são articulações importantes neste pleito eleitoral, já que é a primeira eleição ao Governo do Estado que terá o prazo de 45 dias para campanha eleitoral. Setores da oposição, como Cartaxo e membros do PSDB, buscam apressar suas definições, visando um trabalho maior de pré-campanha. João Azevêdo se mostrou tranquilo enquanto essa definição, já que ele é o candidato certo para representar o projeto socialista no estado.

“Preparado estou, evidentemente. Estou trabalhando já com essa meta estabelecida na minha vida”, disse João.

Blog do Gordinho