ACM Neto e Efraim Filho são eleitos Presidente e Vice da executiva nacional do Democratas

O Evento acontece na manhã desta quinta-feira (08) em Brasília.

O Prefeito da Capital Baiana, ACM Neto, é o novo Presidente da Executiva Nacional do Democratas. Ao seu lado, como vice, tem o Deputado Federal Paraibano Efraim Filho. A condução dos cargos foi feita hoje em convenção nacional do partido, realizada em Brasília.

O Dem saltou ainda de 21 para 38 Deputados Federais no Brasil, e lançou o nome do Presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, como pré-candidato a Presidência da República, o que não ocorria desde 1989.

Várias outras lideranças do Brasil, entre eles Prefeitos, Deputados Estaduais, Vereadores, foram anunciados como novos filiados do partido durante a convenção.

Algumas mudanças também foram feitas no estatuto da sigla e uma nova Logomarca foi apresentada.

Presença de outros partidos

Dirigentes de diferentes partidos aliados da base governista prestigiaram o lançamento. Entre os presentes estavam os presidentes do MDB (Romero Jucá), do PP (Ciro Nogueira), do PSC (Pastor Everaldo Pereira), do Solidariedade (Paulo Pereira da Silva), do Avante (Luis Tibé), do PHS (Marcelo Aro) e do PRB (Marcos Pereira).

Em um breve discurso, Jucá disse que 2018 será um ano decisivo e que os partidos de centro deveriam “estar unidos” para “buscar a melhor construção política” para o país.

“Venho com satisfação testemunhar o Democratas se fortalecendo mais ainda. […] Entendo que todos nós, partidos que comungamos de uma visão de centro, moderna, que tem que valorizar a economia, todos nós temos que estar unidos nessa transição que continua. 2018 é um período decisivo para o Brasil. (…) Quero aqui estender a mão aos Democratas. Temos que estar unidos, temos que buscar a melhor construção política”, afirmou Jucá.

Em nome do PSDB, o secretário-geral do partido, deputado Marcus Pestana (MG), mandou um “abraço de todos os tucanos” e justificou a ausência do presidente nacional, Geraldo Alckmin, que está em viagem oficial a Washington.

Já o tom de alguns foi de apoio explícito a Maia. “Temos uma esperança muito grande em você. O Brasil passa por uma das maiores crises, principalmente na questão do emprego”, declarou o presidente do Solidariedade, conhecido como Paulinho da Força.

Dos ministros do governo Temer, participaram da convenção Mendonça Filho (Educação), do DEM, e Alexandre Baldy (Podemos), um dos políticos mais próximos de Rodrigo Maia.

Deputados do MDB, PSDB, PR e PP, incluindo o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), também compareceram.

“Vemos com muita simpatia a sua candidatura à Presidência da República”, discursou o líder do PR na Câmara, José Rocha (BA).

Minuto PB, com detalhes do G1