Hugo Motta estuda deixar o MDB pelo PRB em troca do comando da sigla na Paraíba

MDB deve perder cerca de dez deputados com a janela partidária, diz Folha de São Paulo

Além da promessa de uma boa fatia do fundo eleitoral, partidos estão ofertando o comando das legendas em municípios e estados para atrair deputados e engordar seus quadros durante a janela partidária iniciada na quinta-feira (8). De acordo com matéria veiculada na Folha de São Paulo o deputado Hugo Motta estuda deixar o MDB pelo PRB em troca do comando da sigla na Paraíba.

Motta saiu do anonimato depois que comandou a CPI da Petrobras. O MDB deve perder cerca de dez deputados, mas o líder do partido, Baleia Rossi (SP), espera que número equivalente ingresse na legenda de Michel Temer. Um dos principais defensores do presidente, o deputado Beto Mansur (SP), hoje no PRB, está de malas prontas para o partido.

“Nos estados, o comando estadual é sempre o grande atrativo”, explica a deputada Renata Abreu (SP), presidente do Podemos. O partido, que tem o senador Álvaro Dias (PR) como pré-candidato à Presidência, espera sair dos atuais 16 deputados e chegar a ao menos 21. Com a promessa da presidência estadual, legendas menores devem levar nomes de partidos grandes.

 

Com informações do Blog do Gordinho, via Folha