Gervásio ‘abre portas’ para PP se aliar ao PSB e evitar falar sobre possível retirada de apoio do PT

Socialista ainda evitou comentar sobre o alinhamento com algumas siglas poder complicar a relação e o apoio do PT.

O PP já destoou do discurso alinhado com a chapa de Lucélio Cartaxo (PV), e vem dando sinalizações de que pode compor com o PSB, do pré-candidato João Azevêdo (PSB). O próprio governador Ricardo Coutinho (PSB) já tratou sobre o assunto durante a semana e não rechaçou essa possibilidade. Quem também comentou sobre essa possível aliança foi o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado Gervásio Maia (PSB), que é pré-candidato a deputado federal. Para Gervásio, não há impedimentos para acontecer essa união partidária.

“Penso que todos conhecem o projeto do PSB. E claro que quem desejar se agregar ao projeto será muito bem-vindo. Não posso me referir a nenhum partido, inclusive ao PP, porque não conheço a realidade desses partidos e não tenho conversado com ninguém. Mas pode ter certeza que minha opinião é de que quem desejar se integrar ao projeto da grandeza e importância desse que o governador Ricardo e nosso partido está tocando, claro que será bem-vindo”, afirmou Gervásio ao tratar sobre o PP.

Gervásio ainda evitou polêmicas ao responder sobre uma possível composição com o PP rechaçar a aliança com o PT, que prega o não alinhamento com “partidos golpistas” – que apoiaram o impeachment da presidente Dilma. PP, DEM e PTB são exemplos. “É o se do se. Não posso responder na base do achismo”, resumiu o socialista.

Ricardo não vê problemas

De acordo com o governador Ricardo Coutinho (PSB) não há problema nenhum em uma aliança entre PSB e PP no estado. Na quinta-feira (14), o gestor comentou sobre a possibilidade de aliança com a sigla progressista.

O gestor falou sobre o critério para alianças. “Vou dizer uma coisa, e vale para tudo não só para o PP: não peço atestado ideológico. Essa eleição não é, e nenhuma eleição é um processo de atestado ideológico. Eleição é um processo onde um projeto se coloca e forças políticas apoiam ou combatem um determinado projeto”, afirmou.

 

Blog do Gordinho