Homem é morto a tiros ao lado de bar onde ocorreu chacina do Guamá, em Belém

Por Redação em 04/04/2020 às 15:55:20


Renato Souza Damasceno foi atingido por cerca de 15 disparos, enquanto saia da casa de parentes. Polícia investiga o caso. Homem é morto na mesma passagem onde ocorreu a Chacina do Guamá, em Belém

Um homem foi morto a tiros na noite de sexta-feira (3) na passagem Jambu, no bairro do Guamá, em Belém. Segundo a Polícia, Renato Souza Damasceno foi atingido por cerca de 15 disparos, enquanto saia da casa de parentes. O crime ocorreu ao lado do bar onde uma chacina deixou 11 pessoas mortas no bairro.

De acordo com as investigações, Renato estava na casa de parentes, quando foi surpreendido pelos suspeitos. Testemunhas contam que ouviram entre 15 e 20 disparos na hora do crime. Renato chegou a ser socorrido e levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Polícia Civil informou que abriu um inquérito para investigar o homicídio.

Chacina do Guamá

Cruzes com os nomes das vítimas da chacina do Guamá foram colocadas no local do crime.

Carlos Brito / TV Liberal

O local do crime foi ao lado do Bar da Wanda, local onde 11 pessoas foram mortas durante uma chacina no bairro do Guamá, em maio de 2019. O crime é considerado como a maior chacina em um único lugar registrada em Belém e teve repercussão nacional e internacional. Criminosos encapuzados entraram no bar e mataram as vítimas com tiros na cabeça.

Em junho, o Ministério Público do Pará (MPPA) ofereceu denúncia à Justiça. Oito homens, entre eles quatro cabos da Polícia Militar, são acusados de participação no caso e devem responder por homicídio qualificado e lesão corporal. Três dos policiais são apontados como executores. os réus serão interrogados e terão a chance de apresentar a versão de defesa, diante das provas técnicas recolhidas pela promotoria..

Fonte: G1

Comentários