Aplicativo incentiva comércio local em bairro de João Pessoa

Por Redação em 04/04/2020 às 16:55:22


Ferramenta reúne informações de todos os comércios do bairro Ernesto Geisel que estão fazendo entrega à domicílio durante pandemia do novo coronavírus. Ferramenta reúne informações de todos os comércios do bairro Ernesto Geisel que estão fazendo entrega à domicílio durante pandemia do novo coronavírus.

Divulgação

Um publicitário paraibano morador do bairro do Ernesto Geisel, em João Pessoa, resolveu criar um aplicativo para telefones celulares que busca incentivar os moradores do bairro a comprarem alimentos e produtos de estabelecimentos do próprio bairro. Segundo o desenvolvedor da ferramenta, Bruno Linhares, a ideia é ajudar na economia local durante este período de comércio fechado por causa do novo coronavírus (Covid-19).

Batizado de "Compre no Bairro", o aplicativo reúne informações dos estabelecimentos comerciais que estão fazendo vendas pela modalidade de entrega à domicílio. O aplicativo é gratuito para todos os usuários e na plataforma há o cadastro de todos os comerciantes, com telefone para contato e links para sites dos estabelecimentos, quando existente.

"O objetivo é aquecer a economia local, fazendo com que os moradores comprem de vendedores da própria comunidade. Foi uma estratégia que conseguimos desenvolver para ajudar nossos companheiros de bairro durante a pandemia", diz Bruno.

O acesso ao aplicativo é simples. No caso dos estabelecimentos de serviços necessários, como farmácia, mercadinhos e supermercados, existem cartazes com um QRcode, para o qual os clientes podem apontar a câmera do celular e, assim, acionar o aplicativo. Outra forma de conseguir ter acesso ao app é pelas lojas dos aparelhos.

Com o aplicativo aberto, os clientes podem olhar quais são os estabelecimentos que estão abertos e que fazem entrega. Eles estão organizados por categoria e, a partir do aplicativo, os consumidores podem entrar em contato com as lojas pelas redes sociais, por telefone ou por aplicativos de conversa.

"Com o contato feito, é só fazer a compra e esperar a entrega dos produtos sem sair de casa, tudo com comodidade e segurança", completa Bruno.

Empreendedores elaboram alternativas devido o novo coronavírus

Fonte: G1 Paraíba

Comentários