Hospital de Trauma de Campina Grande prepara leitos de retaguarda para pacientes com coronavírus

De acordo com a diretora geral do Trauma-CG a unidade de sa√ļde n√£o ser√° porta aberta para esse tipo de atendimento e sim retaguarda para o Hospital Dom Pedro I

Por Redação em 31/03/2020 às 12:45:46

O Hospital Estadual de Emerg√™ncia e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, est√° preparando duas enfermarias, uma com 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outra com 30 leitos de interna√ß√£o regular, destinadas aos pacientes que precisem de suporte médico-hospitalar por causa da Covid-19.

De acordo com a diretora geral do Trauma-CG, Ingrid Ramalho, a unidade de sa√ļde n√£o ser√° porta aberta para esse tipo de atendimento e sim retaguarda para o Hospital Dom Pedro I que é a refer√™ncia para a segunda Macrorregi√£o de sa√ļde composta por 69 munic√≠pios paraibanos.

Segundo Ingrid, as alas ser√£o totalmente isoladas dos demais setores do hospital evitando assim que outros pacientes possam ser infectados. "A estrutura estar√° pronta até o fim de abril", destacou a médica.



Fonte: Minuto PB / Ascom

Coment√°rios